Le Desordre C’est Moi


Tantos caminhos para escolher. Tão pouco para desfrutar.
dezembro 7, 2010, 1:27 am
Filed under: Comportamento, Pessoal, sentir | Tags: , ,

Tenho andando tentando fugir da incerteza que se encontra a minha vida. Apesar de tantos caminhos a seguir acabo parada olhando para todos os lados como um cachorro assustado procurando seu dono, sem entender exatamente aonde posso parar. Qualquer rota vai me levar num local diferente que talvez me faça ser a mesma pessoa ou que mude completamente a minha vida e deixe tudo invertido. E eu não sei se é isso que eu quero. Ou se não é.
Por hora permaneço parada buscando uma luz atrás de qualquer um dos caminhos, mas começo a ficar tentada a fechar os olhos, girar e escolher no escuro qual será o destino que vou tomar, já que parece que ninguém mais pode gritar meu nome guiando qual é o caminho mais seguro, feliz e que me deixará mais satisfeita. (Alguém fez isso um dia?)

A impossibilidade de escolher mais de um caminho me corrói de uma maneira absurda, só imaginando a quantidade de VIDA que estou desperdiçando deixando de aproveitar todos eles, podendo escolher apenas um, dentre tantos. Poderia viver trinta e cinco histórias diferentes, mas só posso fazer uma escolha, e nem volta ela terá. Cada escolha abre mais uma gama de caminhos que vão me fazer parar e pensar na quantidade de coisas que estou perdendo não podendo aproveitar cada um deles detalhadamente, voltar e escolher o próximo, um após o outro, até decidir qual eu vivi mais e qual me identificaria melhor para traçar o caminho, seja lá qual for ele. Como eu vou saber qual é o caminho, quando não posso nem conhecer todas as opções e destinos?
Acabo sempre de olhos vendados rodando no escuro, escolhendo um destino que não conheço e que vai me levar para onde nunca estive. Mas e os outros destinos, cada caminho que eu não escolhi, para onde eles vão? Tantos caminhos para escolher. Tão pouco para desfrutar.



Mochilão: A verdadeira arte de viajar
fevereiro 21, 2010, 10:05 pm
Filed under: Interessante, leitura, Viagem | Tags: , , , , , ,

Um segundo artigo meu foi publicado no site/revista online Papo de Homem, na coluna Ladies Room, dessa vez falando sobre mochilar!
Os comentários contém histórias e experiências incríveis, acrescentando muito conteúdo.

Clique aqui para ler o texto.

O meu primeiro texto publicado no PdH foi sobre “o sutil aprisionamento do olhar masculino”, que você pode conferir aqui.

O que acharam?



“Te como inteira!” – Meu post no Papo de Homem.
dezembro 23, 2009, 3:06 pm
Filed under: Comportamento, leitura, para pensar, Vida Real | Tags: , , , ,

Fui convidada a participar do Ladies Room no site Papo de Homem, e meu texto abordou o aprisionamento do olhar masculino perante as mulheres. O mais legal do PhD não são apenas os posts, mas principalmente os comentários. Aconselho que leiam pelo menos alguns, pois lá saem conclusões e idéias incríveis, separando o joio do trigo, é claro. Infelizmente sempre existirão mulheres e homens machistas que não tem capacidade de análise além de seu próprio ego ferido, mas sempre tem os comentários incríveis que acrescentam conhecimento.

Te como inteira! – Sobre o sutil aprisionamento do olhar masculino

Dêem uma olhada e deixem sua opinião, isso é bem importante 🙂
Está sendo uma experiência incrível!