Le Desordre C’est Moi


O que é o amor pra você hoje?
novembro 16, 2009, 4:54 pm
Filed under: para pensar, relacionamento, sentir | Tags:

Texto retirado do vídeo feito por Don’t touch my moleskine, em sua série que tem o nome do post de hoje.

O que que é o amor pra você hoje?
O amor? Ah, são tão tantas coisas. Mas são pessoas queridas que estão perto de mim, minha familia, meus amigos e meus possiveis futuros namorados que eu não tenho no momento acho, mas são eles todos, né

Sei, e voce ja sofreu por amor?
Azar de quem não, né. Tive a sorte de já sim já ter sofrido por amor, mas eu ainda espero sofrer bem mais.

Jura?
Claro
Você gosta de sofrer?
Ah, não, eu não gosto, mas sofrer faz parte. Acho que tão maravilhoso é o amor na hora que ele tá dando certo, dificil ele é quando você ta sofrendo, mas acho que nao existe uma experiencia sem a outra. E acho que você nunca pode se arrepender do amor que voce sentiu por causa da dor que você tá sentindo, então acho que faz parte.

Como é seu nome?
Dudu Bertholini

Anúncios


Desobvialize
outubro 30, 2009, 5:03 pm
Filed under: Design, O que você fez de inédito hoje?, para pensar | Tags: , ,

Um vídeo que mostra o valor de tirar o óbvio da sua vida, de inovar, arriscar, ser autêntico e encarar a vida de peito aberto.

ÓTIMO!



Sobre Almas Gêmeas
agosto 17, 2009, 4:57 pm
Filed under: livros, para pensar | Tags:

– Não estou rindo. – Na verdade, eu estava chorando. – E, por favor, não vá você rir de mim agora, mas acho que o motivo pelo qual é tão difícil para mim esquecer esse cara é que eu realmente achava que o David fosse a minha alma gêmea.

– Provavelmente era. O problema é que você não entende o que essa expressão significa. As pessoas acham que a alma gêmea é o encaixe perfeito, e é isso que todo mundo quer. Mas a verdadeira alma gêmea é um espelho, a pessoa que mostra tudo que está prendendo você, a pessoa que chama a sua atenção para você mesmo para que você possa mudar a sua vida. Uma verdadeira alma gêmea é provavelmente a pessoa mais importante que você vai conhecer, porque elas derrubam as suas paredes e te acordam com um tapa. Mas viver com uma alma gêmea para sempre? Não. Dói demais. As almas gêmeas só entram na sua vida para revelar a você uma outra camada de você mesmo, e depois vão embora. Acabou, Sacolão. A missão do David era acordar você, tirar você daquele casamento do qual você precisava sair, destroçar um pouquinho o seu ego, mostrar para você os seus obstáculos e vícios, despedaçar o seu coração para uma nova luz poder entrar, deixar você tão desesperada e fora de controle que você fosse obrigada a transformar a sua vida (…).

(Comer, rezar, amar – Elizabeth Gilbert – Pag 158)



I belong to me
julho 24, 2009, 2:32 pm
Filed under: para pensar

i-belong-to-me

A vida é cheia de cobranças por todos os lados. No trabalho, na faculdade, nos relacionamentos, na família, com os amigos, nas atitudes, nas respostas e nas perguntas. É tanta cobrança que as vezes nos esquecemos de viver nossa própria vida, com nossas regras, nossos caminhos e nosso tempo. Esquecemos o quanto é bom fazer alguma coisa qualquer, porque você já foi tão cobrado a executa-la que virou mais um peso nas suas costas,  não algo gostoso de ser feito. É muito dificil aprender a separar que algo cobrado pode ser algo prazeiroso, e muitas vezes realmente é, mas a idéia de ser uma cobrança sobrepõe-se do prazer e vira algo massante, que te frustra.

Precisamos aprender a colocar numa caixa todas as cobranças e em outra os prazeres, mesmo que as vezes uma mesma coisa possa se repetir nas duas por um tempo, até tornar-se apenas mais uma cobrança e você esquecer o quanto era bom fazer aquilo por apenas gostar de fazer. A vida é tão corrida e cheia de obrigações que não podemos perder esses pedacinhos de felicidade que temos diariamente, mas perdem-se na corrente de obrigações e coisas massantes a se fazer.

Esquecemos que no fundo, tudo que nós executamos pertencem a nós mesmos, de sentimentos a trabalho. A essência que um sentimento ou até indo ao extremo de um job trará será exclusivamente nossa, o que reflete nos outros são apenas palhinhas daquilo que nós possuimos.



O que você fez de inédito hoje?
junho 27, 2009, 4:35 pm
Filed under: O que você fez de inédito hoje?, para pensar

art,creative,colors,graphic,design,illustration,grafiche,simpatiche-7c6fc3d21551e01f7804e2e675f2a63e_h

No meu Google Reader possuo mais de 40 blogs/sites que acompanho (quase) diariamente. Dentre eles está O Pequi, que tem um destaque especial e sempre é um dos primeiros que eu vou ver os novos posts. Até as “entrevistas” no Persona, com as mesmas perguntas, são sempre com pessoas interessantes e inspiradoras.
Inspirador, inclusive, é uma palavra que define bem o site.

Segue um trecho de um de seus posts:

“Tem dia que a gente se cansa da mesmice, sente uma vontade louca de desbaratinar com a rotina, fazer um moicano ultrajante, uma tatuagem, um piercing e largar o emprego. Partir para o Camboja, saltar de bungee jumping, dar um beijo num estranho.

Às vezes tudo o que a gente precisa é mudar um móvel de lugar, mesmo que seja aquela poltrona desbotada que fica dentro da cabeça. Inventar um nome diferente, fazer uma torta de palmito, pegar um ônibus para um lugar que nunca ouvimos falar antes.

O que você fez de inédito hoje?”

Quase SEMPRE me sinto como esse post descreveu, e não costumo pensar em alguma coisa simples assim para resolver toda essa minha inquietude diária, apenas fazendo-a acumular mais e mais. Por isso, resolvi incluir isso na minha rotina, além de inaugurar aqui a categoria “O que você fez de inédito hoje?”, para lembrar ainda mais dela.

Espero que vocês façam o mesmo.

Ilustração por Yasmeanie



Don’t fuck with nature
abril 28, 2009, 4:15 pm
Filed under: para pensar | Tags: , , , ,

ashkahn3



O amor é importante, porra

Diariamente passo por diversas avenidas e ruas importantissimas de São Paulo, e ao menos 2x/dia, vejo esta frase. Renderia apenas um post no twitter, mas ao fazer uma busca no flicrk encontrei diversas fotografias de pessoas que também viram (ou vêem constantemente) essa pichação e registraram:

O amor é importante, porra

3414015433_ee52b94cb0

3431509954_9fcd27ca34

Eu já a vi escrita na Av. Cruzeiro do Sul, várias na Rua Augusta (onde também tem um cartaz), na Rua da Consolação, e se não me engano, na Cardeal Arcoverde. É bem provavel que esteja em vários outros lugares, e acho genial todo dia passar por uma coisa assim escrita na rua, para qualquer um que passar por lá dar uma lida, e quem sabe até refletir, né? Ainda mais do jeito que vivemos hoje em dia.

E não adianta tentar limpar não, na consolação já foi re-escrito duas vezes no mesmo lugar após apagado 😉

e é isso aí.

ps: alguém já viu em algum outro lugar diferente?