Le Desordre C’est Moi


Tantos caminhos para escolher. Tão pouco para desfrutar.
dezembro 7, 2010, 1:27 am
Filed under: Comportamento, Pessoal, sentir | Tags: , ,

Tenho andando tentando fugir da incerteza que se encontra a minha vida. Apesar de tantos caminhos a seguir acabo parada olhando para todos os lados como um cachorro assustado procurando seu dono, sem entender exatamente aonde posso parar. Qualquer rota vai me levar num local diferente que talvez me faça ser a mesma pessoa ou que mude completamente a minha vida e deixe tudo invertido. E eu não sei se é isso que eu quero. Ou se não é.
Por hora permaneço parada buscando uma luz atrás de qualquer um dos caminhos, mas começo a ficar tentada a fechar os olhos, girar e escolher no escuro qual será o destino que vou tomar, já que parece que ninguém mais pode gritar meu nome guiando qual é o caminho mais seguro, feliz e que me deixará mais satisfeita. (Alguém fez isso um dia?)

A impossibilidade de escolher mais de um caminho me corrói de uma maneira absurda, só imaginando a quantidade de VIDA que estou desperdiçando deixando de aproveitar todos eles, podendo escolher apenas um, dentre tantos. Poderia viver trinta e cinco histórias diferentes, mas só posso fazer uma escolha, e nem volta ela terá. Cada escolha abre mais uma gama de caminhos que vão me fazer parar e pensar na quantidade de coisas que estou perdendo não podendo aproveitar cada um deles detalhadamente, voltar e escolher o próximo, um após o outro, até decidir qual eu vivi mais e qual me identificaria melhor para traçar o caminho, seja lá qual for ele. Como eu vou saber qual é o caminho, quando não posso nem conhecer todas as opções e destinos?
Acabo sempre de olhos vendados rodando no escuro, escolhendo um destino que não conheço e que vai me levar para onde nunca estive. Mas e os outros destinos, cada caminho que eu não escolhi, para onde eles vão? Tantos caminhos para escolher. Tão pouco para desfrutar.

Anúncios

5 Comentários so far
Deixe um comentário

eu poderia ter escrito este texto. não do mesmo jeito, do meu jeito. mas ele falaria sobre todas essas coisas, todas essas dúvidas, toda essa insegurança, e principalmente, sobre nossa cobrança de ser feliz e de desfrutar as coisas boas do mundo e blablablá.

Comentário por Li

amiga, Citaloprzm é o caminho. http://www.psicosite.com.br/far/and/citalopram.htm

pára ai com esse trem de ansiedade. ta parecendo eu.
quando voce chega a um ponto, fica tão preocupado em viver tudo que acaba não vivendo nada. como diria uma amiga minha: ”relaxa”.

Comentário por Janna

“[…] a irreversibilidade do curso das coisas, que é uma forma de morte no interior mesmo da vida, ameaça-nos de sempre nos arrastar para uma dimensão do tempo que corrompe a existência: a do passado, onde se instalam os grandes corruptores da felicidade que são a nostalgia e a culpa, o arrependimento e o remorso.”
(FERRY, Luc. Aprender a Viver – Filosofia para os Novos Tempos, p. 25).

Comentário por Luciano

Tantos caminhos a escolher.

Sim.

Tão pouco a desfrutar.

Não.

A ansiedade e paralisia diante da quantidade insana de opções que temos hoje é um mal sem tamanho.

Fazer suas escolhas, vivê-las de peito aberto e com abertura pra reajustar a rota a qualquer momento. Essa é minha visão.

Comentário por Guilherme Nascimento Valadares

Todos os caminhos te farão felizes de maneiras diferentes.

É Como decidir qual comida é mais gostosa Ou qual roupa é mais bonita. Apesar de ter uma variedade de opções vastas, que você poderia escolher, você acaba escolhendo um ou outro, e é feliz do mesmo jeito.
Basta você decidir de que maneira quer ser feliz.

Mas o importante é: te farão felizes.

Essa é a minha opinião =)

Comentário por Celso




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: