Le Desordre C’est Moi


Você só recebe de si mesmo quando dá aos outros.
dezembro 10, 2009, 6:03 pm
Filed under: para pensar, relacionamento, sentir | Tags:

Manter um relacionamento é difícil, e estará mentindo quem dizer que não. Você precisa aprender a dividir tudo com alguém que não compreende metade das suas atitudes porque não é você mesmo, e é assim inversamente também. Por que ele sempre precisa fazer essa careta quando não gosta de alguma coisa?
É difícil dividir sua vida com alguém que, apesar de te amar, não é você. Dividir as mesmas experiências com alguém que há alguns meses atrás era um completo desconhecido e você vivia sua vidinha sem nem pensar em se relacionar. E agora? Agora você se descabela quando ele não liga e briga porque ele não abriu a porta do carro para você entrar. Agora me diz, quem abria a porta para você entrar antes desse relacionamento começar?
Quando iniciamos um relacionamento, nossas prioridades mudam, e queremos muito mais do que tivemos quando a solteirisse era nossa melhor amiga. Mas é claro, você me diz, afinal um relacionamento é pra te adicionar coisas, certo? Errado.
Um relacionamento só existe quando você adiciona coisas nele. Quando seu parceiro adiciona alguma coisa nele. O que aprendemos é a adicionar, não a alguém nos acrescentar algo. Não devemos esperar que o homem perfeito apareça e te acrescente alguma coisa. Você acrescenta a ele, e você aprende a dar (sem piadinhas). A equação dos relacionamentos é justamente aprender a dar para receber. Você dedica a uma pessoa algumas de suas qualidades, dá a ela o prazer de receber, e recebe o prazer de aprender a dar. Porque no final, ela não vai receber nada seu, e sim apenas dela mesma, que também está tentando dar alguma coisa ao relacionamento (e não a você, veja bem).
E no final, ninguém recebeu nada de ninguém, apenas de si mesmo. E aquela história de que as pessoas completam-se apenas por elas mesmas está corretíssima. Mas sem alguém do seu lado, você nunca vai aprender a arte de doar-se, e então, nunca vai receber, mesmo que seja de si mesma.
Esse parece ser o primeiro passo, aprender a dar para receber de si mesma. Depois de passar essa fase, talvez você acabe por começar a ouvir o outro e talvez receber alguma coisa de alguém além de você mesmo. Mas o que predomina, sempre, é o que você vê dos outros e da vida, capta para si mesma, aprendendo sozinha a tornar-se aquilo que gostaria que fosse. Ou não.

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

Definitivamente, só se aprende a receber depois que investimos algo no mundo… Não há como se colher sem antes plantar!
Adorei seu blog Debora!!
BjOx.
Thay

Comentário por Thay

Gostei muito do post. Espero que não se importe se eu republicar no meu blog com o seu link.
Beijos vixen! **=

Comentário por Sally




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: