Le Desordre C’est Moi


A inevitável espera
março 31, 2009, 2:26 am
Filed under: Atualidades, emprego, Pessoal, Propaganda, publicidade, sentir, Vida Real

race-clock1
Se há uma coisa pior que pessoas que apenas “esperam acontecer”, é querer fazer acontecer mas precisar esperar do empurrãozinho inicial, da aprovação de alguém e do disparo da corrida. Tanta gente por aí esperando acontecer, sem fazer por merecer nada que conquista, enquanto as pessoas que realmente estão afim de ir lá e dar a cara a tapa, correr atrás, crescer, ousar, não tem oportunidade e precisam esperar.

As vezes parece que só pra quem não faz questão de nada as coisas acontecem. Igual quando uma mulher está doida atrás de um namorado e ninguém interessante aparece na vida dela, aí quando desencana chove de gente legal. Quanto menos você quer as coisas, parece que mais elas aparecem, e viceversa.
As vezes dá vontade de simplesmente largar mão e ficar esperando alguma coisa aparecer na minha vida e me chutar da poltrona confortavel que eu fiquei sentada esse tempo todo, quando tudo que eu queria era estar crescendo com um desafio novo a cada dia. Mas preciso esperar por eles, sem pretenção. Porque pelo ritmo que vai, continuando atrás como estou, só vai surgir algo realmente interessante na minha vida profissional em 2012.

Anúncios


Adotar é tudo de bom!
março 25, 2009, 1:48 am
Filed under: para pensar, Propaganda, Vida Real

Campanha da Pedigree, com musica feita pelo Lucas Lima (da Familia Lima), para uma causa extremamente nobre e LINDA!

Assistam e divulguem!

Essas são minhas duas pequenas que hoje, muito provavelmente, não estariam nem mais vivas se eu não as tivesse adotado:

nhunhunuh

Toda a bagunça, as mordidas de brincadeira, as lambidas, as destruições, os xixis fora do lugar, as corridas atrás de rabo, a carencia, o esperar eu sair paradas na porta, o querer dormir junto e as milhares de outras coisas que essas lindas fazem sempre são a maior recompensa que eu poderia querer só por traze-las para casa! Amo!

Quem tiver interesse em adotar cães ou gatos, para quem mora em São Paulo, o Patinhas é um grupo de voluntários que trabalha com a adoção de cães e gatos abandonados, com muitos filhos esperando por pais atenciosos e com muito amor pra dar. E quem quiser adotar, não pensem só em adotar filhotes, os caes e gatos maiores tem uma dificuldade muito maior de conseguir donos, pois todos acham que só porque ele cresceu, não irá mais aprender as coisas e não amará tanto. Uma de minha filhas comprova totalmente o contrario (a mais velha aprendeu direitinho, já a mais nova é uma safada que faz errado só de birra! hahaha). Dêem chance para todos, não apenas para os nenens :~

Site do projeto: http://www.patinhasonline.com.br/

Telefone para contato:  (11) 8290-6353 (das 14h as 21h)

Email: contato@patinhasonline.com.br
Comunidade no orkut: http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=16432803
Adicione no msn: patinhason_line@hotmail.com

Muita gente lamenta não poder adotar mais um peludo pois a casa está cheia, ou porque ele ficará sozinho, mas quer muito ajudar. O patinhas tem um “sistema” de apadrinhamento, que você paga uma quantia por mês para ajudar um peludo que você simpatizar mais! Você pode ir lá quando quiser e brincar com ele, ver como está, e mensalmente ajuda na ração, remédios, consultas e tudo mais! Além disso, eles arrecadam prendas para fazer bazares  beneficentes, fazem feiras de adoção e mutirões de castração e mensais para os peludos. Você pode ajudar como e quando quiser 🙂
Informe-se!
Os cachorrólatras, gatólotras (?) e principalmente os peludos te agradecem 🙂

Se alguém de outra cidade/estado quiser adotar um animal, mas não conhecer abrigos ou quem esteja doando, podem entrar em contato comigo pelo proprio blog, deixando um email válido, que conheço abrigos de muitas cidades e posso te ajudar 😉
Outra coisa muito importante: Sempre estejam cientes e divulguem a POSSE RESPONSAVELhttp://www.queroumbicho.com.br/texto_posse.htm

Animais não são brinquedos! Responsabilidade, amor, atenção e carinho SEMPRE é ESSENCIAL! São FILHOS! E a maior recompensa do mundo é você chegar em casa e ver seus olhinhos brilhando pra você 🙂



Namorar é…
março 19, 2009, 2:06 pm
Filed under: para pensar, sentir

amare1

Namorar é… se perder em palavras, jogos de linguagem, metáforas, gestos, imagens, cenas. Confundir arte e vida, ator e personagem.

Namorar é… sorrir enquanto ela decide com qual roupa vai sair, pois você sabe que ela fica mesmo linda quando se veste com seu lençol.

Namorar é… ter tempo, muito tempo. Tempo inclusive para fingir não tê-lo, se apressar e fazer caber uma noite em um minuto.

Namorar é… sonhar com uma mulher linda andando ao seu redor, acordar tentando voltar para o sonho e se dar conta que não precisa.

Namorar é… ter pra quem entregar aquele presente simples que você sabe que faria qqr mulher feliz, mas que não queria dar pra uma amiga.

Eu queria ter um filho para poder dizer que toda mulher gosta de ser pega no colo. Acho que paixão é isso: ficar com os pés fora do chão.

A vida é fdp. Você toma uma decisão, se posiciona, promete mil coisas, aí ela vem toda risonha e você sem querer muda 100%.

Coletânea de Twitts de Gustavo Gitti, que escreve para o Não2Não1



Dicas de compras
março 13, 2009, 4:24 pm
Filed under: dicas, Moda

Pra quem mora em São Paulo, gosta de comprar e de pagar um preço justo, a Veja São Paulo fez um Mapa das compras muito interessante, com googlemaps e tudo.
Da 25 de Março para comprar bijouteria e cacarécos (?), até a Oscar Freire para comprar peças de grifes famosas.
Link:  http://vejasaopaulo.abril.com.br/red/mapas/compras/

E falando em compras, vai até esse domingo o bazar do Alexandre Herchcovitch nos fundos de sua loja na Haddock Lobo. Os descontos vão até 90% e quem for deverá levar 1kg de alimento não perecível para ser doado. R. Haddock Lobo, 1151, Cerqueira César, SP

O Bazar de fábrica da Opera Rock começou dia 05/03 e por enquanto, não tem data para terminar. Os descontos vão até 70% e o bazar fica aberto das 10h as 18h. Chácara Sto Antônio: Rua Mesquita Sampaio, 76 -SP

E para finalizar o cartão de crédito, o Mega Bazar Hype, que reúne as marcas: Zue, Uma, Cavalera, AMP, Bloom e Ruah começou ontem, 12 de março, e vai até dia 21 . De segunda a sabado vai das 12h até as 20h e aos domingos das 14hrs as 19hrs. Rua da Consolação, 3122, entre Alameda Franca e Tietê.

Quero ser rica djá!



A tristeza do quase
março 11, 2009, 3:48 pm
Filed under: Literatura, para pensar, sentir

“Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou. Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono. Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. A resposta eu sei de cór, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos “Bom dia”, quase que sussurrados. Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz. A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza. O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si. Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer. Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.”

Sarah Westphal